Suplementos para hipertrofia funcionam?
Suplementos para hipertrofia funcionam

As pessoas que se matriculam numa academia, ou treinam por conta própria, muitas vezes vão logo atrás dos suplementos para hipertrofia. Inclusive, algumas até focam primeiro neles antes da alimentação balanceada.

E os suplementos para ganhar massa muscular realmente funcionam? Sim e não. Sim, eles funcionam, mas não do jeito que muita galera acha que funciona. Quem já pensa neles logo no começo dos treinos para hipertrofia muscular, está errado.

Prossiga com a leitura do artigo e veja a forma certa de utilizar o suplemento para ganhar massa muscular!

Antes de tudo, o que são os suplementos para hipertrofia?

“Infelizmente, muitas pessoas ainda acreditam que a hipertrofia muscular ocorre num passe de mágica.”

Os suplementos alimentares se tratam de compostos que fornecem nutrientes essenciais para o crescimento do organismo. No caso dos suplementos desse artigo, o objetivo é fornecer nutrientes para o estímulo da hipertrofia muscular.

Eles podem ser vitaminas, minerais, ácidos graxos, aminoácidos, carboidratos e proteínas. Esses suplementos podem se apresentar na forma de shakes, pós, cápsulas, comprimidos, bebidas prontas e até balas.

Ao se apresentarem nessas formas, os suplementos alimentares facilitam a ingestão, digestão e absorção desses nutrientes pelo organismo. Com isso, você tem uma atuação muito mais rápida do que teria buscando esses nutrientes numa alimentação saudável.

Por que buscar os suplementos para ganhar massa muscular?

A principal vantagem dos suplementos é a quantidade e velocidade dos nutrientes – há grande número e esses nutrientes chegam mais rapidamente às células. Através desse item, é possível focar no componente que você precisa para a hipertrofia.

Quanto à quantidade, os suplementos trazem o que você precisa para alcançar necessidades nutricionais. Por exemplo, você está necessitando de 15 mil calorias diárias – dá para conseguir isso só com uma alimentação saudável?

A resposta é, na maior parte dos casos, não. Dessa forma, o suplemento surge como um auxiliar na alimentação, permitindo que alcance as suas necessidades nutricionais diárias.

Apenas suplementos são o suficiente para hipertrofia muscular?

Aí que está a pegadinha: apenas os suplementos não são o suficiente para ganhar massa muscular. A alimentação balanceada ainda é a sua maior aliada para obter a maioria dos nutrientes necessários para os treinos e a hipertrofia.

Além disso, o suplemento pode até mesmo aumentar o seu percentual de gordura se você não treinar corretamente. Os treinamentos de força causam as lesões musculares, que promovem a hipertrofia e utilizam as proteínas para a reconstrução.

Com isso, ele continua sendo um ótimo assistente para a hipertrofia. Vamos ver agora os melhores suplementos!

Melhores suplementos para hipertrofia: quais utilizar?

Segundo pesquisas de 2018, quanto maior é a qualidade da fonte proteica, maior é a capacidade de síntese proteica muscular. Essa síntese é uma das principais forças para causar a hipertrofia muscular.

Por esse motivo que é importante buscar os melhores suplementos para a hipertrofia, pois eles guardam as melhores fontes proteicas. Veja agora os mais indicados!

Whey protein

O whey protein é o suplemento proteico mais famoso, sendo obtido a partir do soro de leite. Ele apresenta proteínas e aminoácidos de alto valor biológico, que trazem uma fácil digestão e absorção.

Dessa forma, ele pode ser utilizado tanto para ganhar massa muscular, quanto para auxiliar na definição dela. Porém, fica o aviso de que o whey protein é encontrado em três tipos:

  • Concentrado, que contém um pouco de carboidrato e gordura;
  • Isolado, que é mais puro;
  • Hidrolisado, que tem a absorção mais rápida.

Leucina

A leucina se trata de um aminoácido que, quando isolado, é a peça mais importante para o processo de hipertrofia muscular. Para funcionar bem no organismo, deve ser ingerido apenas 3 g por porção da leucina.

BCAA

O BCAA é um conjunto de aminoácidos essenciais que o organismo precisa, mas infelizmente não produz. Ele auxilia na sintetização de novas proteínas, importantes para a construção dos músculos e como fonte de energia para o corpo.

Creatina

Para ganhar massa muscular, a creatina é um suplemento essencial. Ela se trata de um aminoácido produzido no organismo através do consumo de proteína animal. Esse aminoácido é utilizado pelos músculos como fonte de energia.

Dessa maneira, ela pode ser usada tanto no pré, quanto nos pós-treino.

  • No pré, ajuda a realizar mais repetições ou a lidar com peso extra;
  • No pós, auxilia na recuperação muscular e no ganho de massa.

Hipercalóricos

Para ir além das proteínas e aminoácidos, há também os suplementos hipercalóricos, que contêm carboidratos de baixo índice glicêmico, proteínas, vitaminas e aminoácidos. Esse é o suplemento ideal para treinos de alta intensidade.

Glutamina

A glutamina é um aminoácido não essencial, ou seja, que não é capaz de ser produzido pelo próprio organismo. Ela apresenta maiores concentrações de aminoácidos, podendo então ser utilizada para a melhora de desempenho em treinos de alta intensidade.

Basicamente, ela é capaz de promover o ganho de massa muscular, enquanto atua na recuperação muscular do pós-treino.

Conclusão

Apesar das vantagens, os suplementos devem ser consumidos de forma equilibrada e não exagerada. A preferência é que consuma a cada 3-4 horas, numa quantidade controlada de gramas, já que os suplementos têm alta concentração de nutrientes.

Se você quer consumir suplementos para hipertrofia da forma mais segura, conte com um profissional. Agende a sua consulta agora para que possamos ver a melhor forma de inserir os suplementos no seu dia a dia!

Fale comigo pelo Whatsapp!